Páginas

domingo, 20 de março de 2011

Em tempos de crise, RESPIRE.

Antes de começar a incluir as postagens que estou preparando sobre o Planeta e seus movimentos, resolvi incluir uma conversa sobre o ato de Respirar. Leia que entenderão o porquê.


RESPIREEEE.....
Respirar parece ser um processo natural, no primeiro momento de nosso nascimento o ar entra pulmão adentro e ativa uma série de funções que nos fazem sobreviver do lado externo do corpo de nossa mãe. A partir daí esse processo mecânico nos acompanha até o último suspiro.

Respirar é um processo tão automático que nem lembramos dele ou o valorizamos. Para comer temos que conquistar o alimento, para hidratar nosso corpo temos que conquistar a água, para proteger nossa pele temos que conquistar as vestimentas, para ter onde dormir tranqüilos temos que conquistar nosso abrigo. Não importa de qual época falemos, da complexa vida moderna ou da idade da pedra, o ar estava e está ai para todos sem ser necessário nenhum empenho de energia e tempo para obtê-lo. Respiramos sem pagar a conta e pronto. Será?

O problema é que por ser tão simples nem temos consciência de como respiramos. Não temos a mínima noção de que vários problemas de saúde e emocionais que enfrentamos, alguns típicos dos tempos atuais como a ansiedade, poderiam ser resolvidos ou minimizados por uma correta respiração.

Como assim?

Aristides Brito
Bem, para entender melhor, vamos conversar com Aristides Brito que além de Consultor empresarial e executivo de Marketing, Professor na Faculdade de Comunicação da UNISANTa, é pós graduado em neuropsicológica, sendo membro da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento.


Conversa:

Sandra - Ari, já fiz alguns treinamentos no Marca do Pessoal, tua empresa de Treinamentos e uma palavra que fica marcada em qualquer um deles é: Respiraa..... Te confesso que ela até virou uma espécie de mantra, quando estou meio agitada precisando sossegar... Logo vem a minha mente você falando: Respiraa... Então, nos diga, o que é a respiração?


Ari – Respirar é tudo. É dar um tempo nas coisas exteriores e pensar pra dentro. Em nós mesmos. Quando falo para uma pessoa: Respira. estou falando para ela se desligar um pouco dos problemas e das preocupações e, com isso, dar uma acalmada, sentir-se inteiro. É tão importante respirar de uma forma mais tranquila, porque quando você respira mais devagar, seu corpo todo relaxa e assim você consegue melhorar o processamento neural, as sinapses (que é a comunicação entre os neurônios) precisa de oxigênio e muito. Ou seja, respira!

Sandra - o que a respiração da neurolinguistica tem em comum com a da Yoga?

Ari – São basicamente iguais. Ambas buscam auxiliar a pessoa compreender o seu corpo naquele momento que está concentrada respirando. A respiração utilizada na Programação Neurolinguística é a base da hipnose ericksoniana porque conduzimos as pessoas a se concentrar num relaxamento, que leva a um estado de transe, e isso desliga a mesma de qualquer preocupação.

A condução desta técnica, muitas vezes associada a um trabalho profissional de um psicólogo, em consultório por exemplo, leva a estados do subconsciente que resgatam conflitos de infância, que se fossem sem a hipnose, as pessoas não lembrariam. A respiração é fundamental para essas técnicas, e a PNL foi uma ferramenta que explorou muito o relaxamento através da respiração para buscar soluções mais rápidas de problemas que algumas linhas levariam mais tempo. Converso com muitos profissionais, inclusive os mais resistentes à utilização da hipnose por exemplo, que hoje já conseguem reconhecer como um bom instrumento. Só temos que ter cuidado, porque não é algo que qualquer pessoa possa fazer, de qualquer jeito.

Tem que ter acompanhamento profissional e com uma pessoa experiente nesta especialidade. Portanto, respiração é ótimo, relaxamento também, mas se for além disso, busque acompanhamento profissional.

Sandra: Li uma vez que respiração é um excelente exemplo da relação estreita entre mente, cérebro e corpo. Pode explicar?

Ari – O cérebro precisa de oxigênio, como falei anteriormente, e este oxigênio é combustível para a elaboração dos processos dentro do nosso cérebro. A mente é algo mágico, é lá que elaboramos tudo, a partir dali realizamos os nossos sonhos. Quando estamos com o corpo debilitado, temos uma tendência de respirar completamente errado, que em geral é inspirar menos e expirar rápido. É aquela respiração ofegante, de uma pessoa preocupada. Enfim, quando estamos respirando assim, por algum motivo externo, levamos pouco oxigênio para o cérebro e como consequência temos idéias, soluções, mais limitadas, sobre os nossos problemas. Então podemos relacionar, eu respirando errado, dificulto o processamento neuronal e limito minha mente. O inverso disso também, quando a nossa mente está ocupada por uma série de problemas temos a tendência de respirar errado e com isso ficamos ainda mais preocupados e distantes das soluções. Tive um estres que falava quando você tem um problema, respire e foque na solução. Em pouco tempo você sai dessa situação. E é verdade. Em linhas gerais, quanto mais respirarmos corretamente, menos problemas físicos e mentais teremos.

Sandra - como é esse respirar correto?

Ari – Respirar correto é encher o pulmão de ar e quanto mais melhor. Para isso temos que impulsionar o diafragma, o músculo que fica abaixo dos pulmões, para baixo, para dar espaço para encher os pulmões. O que acontece muitas vezes é que as pessoas fazem ao contrário. Puxam o ar e ao mesmo tempo contraem este músculo para cima, levantando o torax, tensionando toda a musculatura. Com isso vai pouco ar para os pulmões, além de deixar a pessoa toda tensa. Respirar é sentir que está trazendo o ar pra dentro. Nós respiramos todos os dias, claro, senão morreríamos, mas com a vida corrida de hoje em dia, respiramos descompassados, irregularmente. Resultado: estresse geral (rsrs). A respiração errada é uma das principais causas dessas estafas e estresses que as pessoas se queixam. E também o principal motivo de ter tantos treinamentos de PNL lotados, e academias de yoga e meditação, pilates, etc. Tudo ligado à boa respiração.


Sandra: Essa respiração correta auxilia no controle de nosso emocional e do melhor funcionamento de nossa mente, é isso?

Ari - Exato. Quanto melhor for a nossa respiração, melhor funcionará a nossa mente, as nossas idéias e naturalmente a criatividade e resiliência – a capacidade de superação dos desafios diários.

Sandra - Como você já sabe, estou incluindo em meu blog assuntos relacionados ao que está acontecendo no planeta, e que estão trazendo intranqüilidade e tensão, como o do terremoto recente no Japão. E essa conversa contigo é uma das formas que encontro de tentar  auxiliar os amigos que me leem, dentro da perspectiva que a única mudança imediata que posso fazer, é em mim, mudando algumas atitudes. Então, te pergunto, como a respiração pode auxiliar a controlar essa ansiedade, já que nas outras coisas a gente não tem como ter o controle? Respirar ajuda?

Ari – Vamos pensar assim: Fica o dia todo na frente da TV assistindo os programas de tragédias (que são vários), ai quando passar algumas horas, corre pra frente de um espelho e veja como os seus olhos estarão e observe a sua respiração. Você vai perceber que a tv, internet e todos os meios de informação geram essa ansiedade quando você fica muito tempo. Por que? Porque você começa a se conectar com esses meios (incluindo as redes sociais) e esquece de você, da sua respiração. Neste momento a ansiedade (ou angústia) aumenta. Continuando este raciocínio, imagina uma amiga sua entrando neste momento, depois de ter passeado o dia todo, caminhado na praia e se divertido muito. Provavelmente ela vai falar assim pra você. Sai desta TV, ou põe num canal de musica pra gente curtir. E toda relaxada e respirando corretamente vai dizer, o que aconteceu? terremoto no japão? Ah tá, espero que eles estejam bem...agora muda de canal vai! Em outras palavras a pessoa que chega e assiste a tragédia no momento que está com a respiração correta tem muito menos chance de se envolver com questões tristes e tragédias, porque ela sabe que não poderá fazer nada e segue sua vida. Quem respira mal, se envolve muito mais com os problemas. Daí a questão de descansar e tirar féria de vez em quando. Quem percebe isso, antes de explodir, começa a praticar atividades físicas, não pra ficar forte, mas pra exercitar a respiração aeróbica, a correta.

Sandra - Você pode passar algum exercício pra gente, que auxilie a controlar esses estados de ansiedade?

Ari- Tem um muito especial, que uso quando sinto que a coisa está passando dos limites, dos meus limites.


Começa assim: Sente-se em uma cadeira, bem confortavel, e coloque os dois pés no chão. Relaxe os ombros o máximo possivel.


Quando sentir que relaxou os ombros, inspire bem devagar, contando até 7.


Tente sentir como se o ar estive indo para a barriga, inflando a área do estomago (que é a area do diafragma).


Ai comece a expirar bem devagar contando até 6.


Comece a inspiração novamente, agora contando até 8.


Expire contando até 7.


Seguindo este processo bem devagar, inspire e conte até 10.


Neste momento, segure 1 ou 2 segundos e comece a soltar novamente contando até 10.


Comece tudo de novo e faça 3 vezes.


Enquanto estiver fazendo esta respiração, quero que você sinta os braços relaxando ainda mais, as pernas também. Vai sentindo cada membro relaxando. O pescoço, a coluna. É como se você estivesse se reprogramando. Começando de novo de forma mais leve.


Aí quando acabar fique em pé e movimente as pernas e os braços levemente para senti-los mais leve.


É isso. Espero que todos aproveitem esta conversa e muito sucesso pra minha grande amiga Sandra, que é especial demais.  

Abraços ao leitores do Blog!!

Sandra - Grata Ari.  Lembro que perguntas sobre o assunto podem serem incluidas nos comentários. Na medida do possível vamos procurando as respostas.

 

Um comentário:

  1. Anônimo00:33:00

    Olá Minha Querida e Amada Irmã... Muito bom o post... continue dando a sua Contribuiçao... só assim poderemos ajudar aos que realmente precisam... Muita Paz em Seu Coraçao... Rezendeaf

    ResponderExcluir

Recent Posts