Páginas

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Poemas em mim - Fractais


Fractais

O tempo passa partido,
e dígitos rompem estruturas analógicas
deixando tudo mais fragmentado.
Menos visível!

Só que ainda preciso de minutos inteiros...
...Não. Menos que isso,
Instantes totais,
onde possa escutar o som
que brota dentro de meu ser
e teimosamente se recusa
a partir para o passado
ou surgir em algum amanhã.

Em que possa ver os fractais
desse caleidoscópio se unindo,
resgatando a certeza de que tudo é um.
Imagens perdidas na confusão
da velocidade com que se formam
E me transformam.

Um instante inteiro, puro
Em que não passe apenas pela vida,
mas sinta a vida que passa em mim.

Ano, 96. Hoje essa sensação está muito forte, por isso vou deixá-lo aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent Posts