Páginas

sexta-feira, 22 de abril de 2011

O Cristo do Amor Divino - um poema/oração para esses dias

Hoje, sexta-feira Santa. Dia de lembrar a Paixão de Jesus Cristo por todos os seres, pelo Planeta, enfim, pela VIDA. Porém, minha lembrança do Mestre Jesus, que recebeu a energia Crística, é diária e não o vejo pregado eternamente em uma cruz, mas sempre com o olhar complacente e sorridente, pois já conhece os mistérios do tempo que tudo transforma. O sinto como uma luz intensa e expansiva, que ainda hoje tenta iluminar os seres desse nosso planeta.

Jesus aqui na Terra encarnou o AMOR, a COMPAIXÃO e a MISERICÓRDIA, ou seja, trouxe essas energias poderosas com toda a amplitude de seus significados para a humanidade.

Poucos conseguiram alcançá-las. Alguns chegaram a esse ancoradouro e absorveram um pouco, mas a maioria nem se atreve, mesmo dizendo que a procura... E elas estão ai disponíveis, quase que intocadas. Talvez porque sabemos o quão transformadoras elas são...  Novamente, quem quer mudar?

Deixo um belo poema em forma de oração retirada do livro Maha Gita Purusham do Bem-Aventurado, de Sri Maha Krishna Swami

O Cristo do Amor Divino


A todo instante
Nasce Jesus no coração de cada ser,
No lado direito do peito.

Ele é a Luz,
A Consciência Absoluta que vem à tona.
Ele é a verdadeira vida,
A Força Suprema que se reflete
Em todos os seres do universo.

Ele é o Supremo Ser,
Que com sua força infinita
Vem iluminar o mundo
Nesta época de inconsciência espiritual,
Para que todos recobrem a consciência do divino,
Para que todos possam integrar-se
Na vida do Cristo de todos os tempos,
Na Luz infinita da Verdade Suprema,
Na força absoluta do Ser,
Na força de todos os Mestres.

Ele é o Cristo dos oprimidos,
Dos que têm fome e sede de justiça,
Dos que sofrem perseguições,
Dos esgotados pelos ciclos de sofrimentos.
O Cristo dos mansos de coração,
O Cristo dos sábios e dos ignorantes,
O Cristo dos conscientes e dos inconscientes.

Ele é o Cristo das esperanças,
O Cristo dos simples,
Dos justos,
Dos compassivos,
Dos limpos de coração.
O Cristo dos pacificadores,
O Cristo da justiça divina.

Ele é o Cristo das crianças,
Da felicidade perfeita,
Do amor divino,
Dos Maha Devas.
O Cristo que nasce na estrebaria,
O Cristo da humilde carpintaria,
O Cristo de José e de Maria.

Ele é o Cristo das semeaduras e das colheitas,
O Cristo do Reino Supremo,
Do caminho direto,
Da intuição pura.
O Cristo da meditação iniciática,
Da devoção que enternece,
Do pão que nutre e sacia.

Ele é o Cristo dos que resplandecem como o Sol,
O Cristo dos apóstolos, das bem-aventuranças.
O Cristo dos pescadores,
Do mar profundo,
O Cristo das ovelhas
E dos pastores.

Ele é o Cristo de João Batista,
De São Francisco.
O Cristo vivo de Simão Pedro,
O Cristo da Comunidade Perfeita.
O Cristo Cósmico,
Dos Maha Yogues,
O Cristo da Luz, do Caminho, da Verdade Suprema.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent Posts